Mateus coloca tempero na disputa.

Na tarde escaldante da 11° etapa do ano, Mateus Marlon vence a corrida e diminui a diferença de pontos no campeonato para Thiago Lunard. Mateus aproveitou um dos poucos momentos em que Arthur Camardelli, o pole, possibilitou uma ultrapassagem. Após cair para segundo lugar, Arthur segurou Sérgio Salomão até o final da corrida. João Dias chegou em quarto lugar e Luciano Hudson, em ultrapassagem na última volta, garantiu o quinto lugar, completando o pódio.

Stricker pela segunda vez no ano.

E deu Fernando Stricker em primeiro na décima etapa do ano. Largando em 4° lugar, Stricker, brigou até a bandeirada com João Dias, que terminou em segundo. Com menos de meio segunda atrás, Thiago Lunard cruzou a linha de chegada em terceiro, trazendo com ele Cris Hamilton e Sérgio Salomão. Foram 23 pilotos alinhados no grid, e 19 deles tiveram as melhores voltas no mesmo segundo, na casa dos 00:56, e apenas 4 pilotos fizeram as melhores voltas na casa dos 57 segundos.

Vitória suada de “Crishamilton”

Cristiano Gonçalves, “Crishamilton”, largou na terceira posição e logo nas primeiras voltas já estava na liderança. Enquanto isso, Thiago Lunard, que saiu em nono lugar foi escalando o pelotão até se aproximar de Cristiano. Assim tivemos, na segunda metade da prova, uma briga épica pelo lugar mais alto do pódio, com Thiago assumindo a ponta por 2 vezes. Porém a tarde era de Cristiano, que com muita garra acabou recebendo a bandeirada final na primeira posição. Thiago terminou em segundo, Luciano Hudson em terceiro, seguidos de Gustavo Luz e Mateus Marlon.

Pedro Castro de ponta a ponta

A oitava etapa do campeonato FKBH foi dominada por Pedro Castro. Largando na pole, se manteve na ponta até o final, garantindo a primeira colocação. Já no restante do pelotão, as disputas foram intensas, com Thiago Lunard conquistando o segundo lugar, seguido por Mateus Marlon, Caio Félix e Sérgio Salomão.